O Home Office e ou trabalho em casa vem se expandindo no Brasil com o avanço das tecnologias.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

QUANDO A CRISE CHEGA PENSAMOS EM NOS DESESPERAR – NÃO EMPREENDER É A SAIDA PARA CRISE – APRENDA FAZER COISAS NOVAS A PARTIR DE CASA

QUANDO A CRISE CHEGA PENSAMOS EM NOS DESESPERAR – NÃO EMPREENDER É A SAÍDA PARA CRISE – APRENDA FAZER COISAS NOVAS A PARTIR DE CASA


Tenho certeza que o empreendedorismo é o caminho para o crescimento quando o Brasil tinha as empresas brasileiras lembro quando adolescente o povo só falava de trabalhar em multinacional depois que estudei e fiz faculdade entendi que não é multinacional que nos da crescimento e sim o empreendedorismo, por quê? Porque com o empreendedorismo você esta gerando empresa e emprego e criando riqueza sua e não de outro e as multinacional elas procuram países que possam ter mão de obra barata gerando assim um escravagismo mascarado. A luta agora é o empreendedorismo tirando impostos sobre serviços para que pare esta fama que se tem de pequenos empreendedores montam uma empresa e em dois anos quebra.

E tem que ter incentivo a reciclagem e o povo parar de jogar as coisas fora exemplo eletrodomésticos e moveis e aprender a consertar mais, porque o incentivo ao consumismo  fez com que o Brasil virou um grande lixão de coisas reaproveitáveis e além de destruir o meio ambiente deixa as ruas as praças as matas e tantos lugares públicos cheio de coisas que podem ser arrumadas.

Vejo em postagens no Facebook, por exemplo, pessoas dizendo que quebrou sua máquina de lavar roupa, por exemplo, e já comprou outra. Legal esta certa tem condições tem que comprar mesmo o problema é que equipamento que não vai para o concerto vai para o lixo, acredito que as empresas deveriam pegar estes equipamentos de volta e reformar e colocar no mercado a preço de custo para aqueles que não podem comprar caro iria ter mais emprego e também menos coisas jogada no lixo, isto foi ideia do Fernando Henrique com carros quando foi presidente, mas infelizmente, pessoas com ideias boas são descartados e as coisas ficam como esta.



Não precisamos ir longe andamos pela cidade e vemos um monte de sofás, móveis eletrodomésticos. Antigamente quando se comprava, por exemplo, refrigerante as garrafas eram retornáveis hoje se fazem descartáveis e se as pessoa não tiverem uma ideia para utiliza-las vai para o lixo, rios e contamina o ambiente, digo de garrafas, mas são tantas coisas, tinha, por exemplo, o leite que era em garrafas depois em saquinhos plásticos que pediam para devolver para pessoas que tinha doença do fogo selvagem no hospital nem sei se ainda existe esses hospitais, mas enfim muitas coisas que hoje mudou, estava lembrando quando usávamos lenços de seda antigamente, depois começou os descartáveis parece uma coisa boba, mas vamos ver pelo lado fácil tudo bem lavar fraudas de pano é difícil, mas quantas vezes passamos na rua e vemos um monte espalhadas, as pessoas nem tem noção de pelo menos colocar em sacolas ou sacos plásticos para que o lixeiro possa carregar, enfim não estou dando uma de naturalista, mas quando chove muito e da enchente culpam a Deus os prefeitos, o governo e até o papa, mas ninguém se culpa a si mesmo.

Por fim se tivermos consciência e podermos reciclar pelo menos parte do nosso lixo, fazendo coisas reutilizadas além de a natureza agradecer nós também teremos um novo trabalho para vencermos a crise, já falei muito aqui sobre criar algo a partir de casa para empreender e agora estou dando esta nova ideia, faça coisas recicláveis em São Paulo em frente ao Poupa Tempo da Santa Efigênia tem uma loja que vende revistas que ensina a fazer vários produtos recicláveis caso não tenha como ir até lá ou condições de comprar existe vários sites que ensinam o passo a passo de alguns materiais. É pegar e fazer. Para vender tenta vender para amigos e conhecidos e também na net até mesmo no mercado livre.