O Home Office e ou trabalho em casa vem se expandindo no Brasil com o avanço das tecnologias.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

QUEM TRABALHA EM CASA TEM QUE TER RESPONSABILIDADE

QUEM TRABALHA EM CASA TEM QUE TER RESPONSABILIDADE.


Um dia desses em conversa com a dona da empresa em que eu trabalho ela falava que existe pessoas que dizem que o trabalho em casa não funciona pelo fato de que quem trabalha em casa sai e vai passear se distraí com televisão ou outras coisas e deixa o trabalho de lado e eu pensei quem faz este tipo de coisa é quem não tem responsabilidade nem compromisso com o que faz. 
home office
Quem não tem comprometimento com o trabalho não é responsável nem perto e nem longe eu acredito uma pessoa que tem vontade de trabalhar trabalha em casa na rua no meio do mato, dentro de escritório em qualquer lugar. Já há muitos que estão no escritório o trabalho esta lá para ser feito, mas estão traindo uns aos outros perdendo tempo com fofocas ou conversas paralelas e outros motivos banais enquanto isto o compromisso vai ficando de lado e a responsabilidade em si não tem nenhuma. Há outras que vão mais além e destroem até mesmo sua própria família sem ter o respeito próprio e ao próximo.


Acredito que como já disse várias vezes a questão do trabalho em casa é mais cultural do que técnica. É igual religião as pessoas somente acreditam que pertencem a uma se estiverem lá fisicamente presente mesmo que sua mente esteja longe dali, mas para que todos vejam que tem gente ali é o que importa, ou seja, pensam na quantidade e nem qualidade hoje tem religiões que até mudam o seu modo de disciplina somente para aumentar o número de fieis como se fosse uma competição de quem tem mais números de pessoas sobre suas direções para manipularem ao seu bel prazer. Alguns podem perguntar mais uma coisa não tem nada a ver com outra em partes não mais em parte sim pelo fato de existir em tudo uma importância que tem ser levada em conta e a maioria das pessoas somente se importa com si mesmo e o que vai levar de vantagem no que vai fazer seja em salário, status, etc. Mas no que vai contribuir não se comprometem e os que se comprometem alguns são com interesse particular em saber se ganham algo em troca.


dinheiro











Enfim acho que trabalho em casa é o mesmo que fora é ter responsabilidade com que você faz seja autônomo seja registrado não importa o que importa é fazer direito.

No programa Fátima Bernardes do ultimo dia 03 de julho abordou esta informação. Onde algumas pessoas falaram as suas opiniões.





                               

terça-feira, 3 de julho de 2012

UM POUCO DE MINHA TRAJETÓRIA DE TRABALHO




Escola de Datilografia
Fonte: http://elielmi.blogspot.com.br/2010_07_01_archive.html
Eu quando era menina comecei com uns 12 anos vendendo produtos cosméticos. Vou abrir um parágrafo aqui antes de tudo para informar que não quero contar história de minha vida e nem mesmo inventar que vendendo produtos ganhei um monte de coisas que tudo isto é história de vendedor. O que quero apenas informar que em momentos de crise é uma saída para se ganhar um pouquinho se ganha experiência e também da para ajudar em algumas continhas como água, luz, telefone, etc. Voltando ao começo eu era muito pobre então eu trabalhava em casa de família e queria estudar datilografia (aquele tempo não tinha computador) então eu comecei a vender  uns cosméticos por catálogos chamados: Juliane, Nemawashi, Linett, alguns catálogos de cerâmicas que não me lembro do nome no momento, são coisas antigas que nunca saem da moda exemplos o Avon que deve já ter uns 100 anos no Brasil é a empresa mais antiga que tem trabalhadoras em casa que há anos vendem produtos porta a porta ou então somente em casa para as pessoas que procuram. Voltando a falar de mim eu vendia os produtos e conseguia pagar meu curso com o tempo fui conhecendo outros catálogos como a Hermes, por exemplo, a nawtslife e muitos outros. Passando os anos fiz outros cursos era o inicio da era da informática, fiz curso de Basic de COBOL, entre outros cursos de linguagens de programação. Depois fui trabalhar como auxiliar de escritório, datilógrafa, estagiaria em banco e até mesmo na área contábil depois fui trabalhar no estado como escriturária. Somente nunca trabalhei como programadora, quem sabe um dia?


Depois eu me casei e passei por algumas dificuldades e voltei a vender meus produtos em casa os catálogos de Juliane cosméticos Linete e também passei a vender uns iogurtes chamados Sul Mineira, vendi também tuperware, meu irmão tinha uma máquina de datilografia e eu fazia em casa alguns serviços como preenchimento de documentos aquele tempo para se fazer RG tinham que primeiro preencher um formulário datilografado para depois levar na delegacia, então eu preenchia formulários, currículos e outros papeis que pediam aproveitava esse pouco que ganhava para pagar meu curso de música e cuidava melhor de meu filho que era bebe.




Depois voltei a trabalhar em  escritório em uma logística que fiquei por uns meses. Assim quando me mandaram embora até mesmo tentei montar um negocio comprando uns produtos que vendiam na época de sucos para fazer em casa que não deu certo, por este motivo quando quer fazer algo em casa e você ver alguma informação seja na net ou jornal dizendo compre isto ou aquilo, livro, produtos com dizeres que vai ficar rico não acredite que tudo isto é mentira. Não invista seu dinheiro em algo que não conheça. Assim eu inventei de dar aulas de música em casa e foi assim que conheci o meu primeiro trabalho em casa por telefone, onde eu ensinava a musica de graça e com a necessidade que apareceu de instrumentos eu conheci uma loja de instrumentos chamada teclasom que me convidaram para vender instrumentos para as alunas e outras pessoas que eu conhecesse, sendo assim comecei a anunciar as vendas em jornais do bairro ou então no primeira mão e recebia as ligações e vendia para pessoas longe, negociava e depois depositavam as comissões,  havia  também aqueles que me pediam para vender um instrumento seu por fora e eu negociava.
"Houve uma vez que eu não esqueço um rapaz me ligou pedindo para vender um piano, encontrei uma compradora negociei tudo por telefone e a comissão ele deixou com a compradora eu fui conhecer a compradora depois e ela pagou para ele recebeu o instrumento e me pagou e nunca vi a pessoa que vendeu. Enfim por mais que o mundo tem a questão de segurança, mas às vezes vale a pena arriscar que muita coisa da certo."
Vendi instrumento por algum tempo depois as coisas apertaram tinha uma filha pequena fazia um curso de piano  minha mãe andava doente  e meu pai também que logo faleceu e não podiam cuidar da minha filha e meu marido estava desempregado. Um dia resolvi desistir do curso e parar de dar aulas. Comecei a procurar emprego e somente achava venda de jornal e revista comissionado sem salário fixo por telefone era o inicio dos Call Center e os que tinham receptivos exigiam experiência. Foi quando conheci o catalogo da Yakult vendi por algum tempo e voltei a fazer curso fiz de informática era o inicio do pacote Office, e alguns outros até mesmo de empreendedorismo  e por ultimo conheceram o programa escola da família eu tinha vontade de fazer uma faculdade e com o projeto voltei a estudar e voltei para o mercado de trabalho onde fiz estagio pelo ciee no programa de implantação de informática nos postos de saúde em SP. Foi onde pela primeira vez vi falar do trabalho em casa com informática através de um artigo na internet. Passando um tempo pedi a conta lá, pois era muito longe tentei trabalhar em casa dando aulas de informática, mas tive que passar por uma cirurgia difícil, quando eu estava passando nesta época algumas orientações sobre trabalho em casa para uma moça da Tectotal, nisto conheci pessoas como o Álvaro Melo da Sobratt a Sonia da Sbardelli que hoje trabalho com ela que na época estava trabalhando na Virtual Call e hoje tem sua própria agencia de RH, onde alguns funcionários trabalham em casa e outras na sede da Agencia em Alphaville na maioria de suas contratações são para a vaga de call Center. Na escola da Família aprendi a fazer artesanato entre eles cestas de jornais que cheguei até vender algumas também. Depois fui trabalhar na Atento em call Center e por fim hoje trabalho em casa na Sbardelli.
A maior dificuldade que se encontra as mães para trabalhar  já citado aqui é ter com quem deixar os filhos nisto ou tente por enquanto vender algo ou conquistar uma vaga de emprego para trabalhar em casa é mais difícil, mais não impossível, pesquise bastante que encontra. O SEBRAE da cursos gratuitos de empreendedorismo onde pode orientar sobre isto também.


segunda-feira, 2 de julho de 2012

ALGUMAS DICAS DO QUE VOCÊ PODE FAZER EM CASA



ALGUMAS DICAS DO QUE VOCÊ PODE FAZER EM CASA

dicas
















Você que quer trabalhar em casa e ainda não tem uma ideia em mente.


Tem alguns exemplos que você pode fazer:
1 - Vender perfumes;
2 - Faça artesanatos;
3 - Faça culinária;
4 – Crie um blog;
5 – Faça costuras;
6 – De aulas ou cursos; 

 7 - Programar; 

8 - Advogar; 

 9 - Suporte a computadores ou redes;

Lembramos que existem algumas vagas de emprego como disse no artigo anterior são poucas as vagas, mas pesquisando você pode encontrar, mas tome cuidado com coisas como fique rico na internet, trabalhe em casa com malas diretas, entre outras. As vagas corretas são publicadas por empresas especializadas exemplo: Home agent, Tectotal entre outras que você possa pesquisar.  Você que é programador, analista de sistemas, ou tem outra profissão e quer trabalhar em casa também tem como é somente pesquisar. Descobri hoje um site que divulga algumas vagas de home office como já disse em artigo anterior as vagas são poucas, mas já aparece algumas timidas divulgações no ideed e também jobatus.com.br.




domingo, 1 de julho de 2012

AS VAGAS DE HOME OFFICE SÃO POUCAS - É PRECISO MELHORAR


AS VAGAS DE HOME OFFICE SÃO POUCAS - É PRECISO MELHORAR



home office
Essa semana conversando com algumas candidatas para fazer entrevista eu fiquei sabendo que algumas não iriam pelo fato de não ter com quem deixar seus filhos.  Outras já haviam até feito, mas acabaram desistindo da vaga pelo fato de não ter como pagar baba, ou creche. E por se falar em creche é um problema nacional, onde a segurança para se deixar criança em casa para trabalhar esta cada dia mais impossível e as poucas existentes não se tem estrutura para a quantidade de crianças que precisam. Muitas mães necessitam trabalhar às vezes para completar a renda e outras por ser o arrimo da família e até mesmo para continuar sua carreira que por vários fatores acaba se interrompendo. Existem muitas vagas de emprego na área de call Center que até poderia ser a solução para este problema, mas infelizmente se formam outros dois problemas:



Primeiro o salário baixo.
 Segundo como deixar os filhos se trabalha até mesmo os finais de semana.
Precisa ser pensado uma solução para este problema pelo fato de se ter como juntar o útil ao agradável como. Que os call Center crie uma solução para que as mães possam continuar trabalhando e a solução nada mais é do que o trabalho em casa. Parece ser difícil mais não é impossível.
O titulo deste texto eu digo as vagas de home Office são poucas - é preciso melhorar como?
Faz-se necessário conscientizar os empresários que com bom senso podemos fazer um Brasil melhor aumentando a economia do nosso país dando trabalho para todos de uma maneira diferente que é o trabalho em casa. E assim estas vagas vão aumentar e melhorar a segurança de nossas crianças com as mães sempre por perto.
Assistam nesta terça-feira dia 03/07/2012 - às 10h30 na Rede Globo Álvaro Mello no programa  "Encontro com Fátima Bernardes", que irá falar sobre o Teletrabalho.