O Home Office e ou trabalho em casa vem se expandindo no Brasil com o avanço das tecnologias.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

TRABALHO DO FUTURO

TRABALHO DO FUTURO



Fonte: Qualidade Simples
As empresas e os trabalhadores estão cada vez mais se adaptando ao trabalho do futuro. Com isto criando ambientes e ferramentas favoráveis para melhor desenvolve-lo. Com este trabalho não significa que em um passo de mágica tudo pode mudar e que desaparecerão os prédios e escritórios em geral como diz o autor blog flexiv, que fala sobre o trabalho no futuro, eles serão ainda mais um espaço só sofrerão alterações. E ainda assim é um tanto difícil esta nova realidade se adaptar, haja vista que uma das dificuldades para implantação se da ao fato que a maioria das residências não são construídas no padrão de Home Office, mesmo os apartamentos a maioria são sempre padrão de dois dormitórios e uma pequena sala, cozinha e banheiro. Os espaços são limitados e é bem mais fácil sair do que ficar. Outra questão é a tecnologia onde em muitos lugares as companhias de banda larga e telefonia não investiram neste serviço. Que na maioria das vezes só atendem grandes centros deixando a desejar nos lugares mais distantes onde são nestes lugares que precisa de um pouco mais de atenção.


E até mesmo nos grandes centros muitas vezes por muitos problemas a situação se complica em relação a internet, muitas vezes por questão de clima e outros problemas que afetam a comunicação faz com que fiquem até dias empresas paradas por motivo de manutenção, e outras complicações relacionada ao serviço. Muito se tem que ser feito ainda a este respeito, porém o esforço a este respeito tem sido maior do que os problemas, e além de todas as possibilidades de acesso a internet já  se tem comentado aqui,  a maior novidade hoje é a rede via fibra ótica, onde a telefônica, por exemplo, tem procurado o máximo a ampliar este serviço, e outras novas empresas também esta chegando no mercado com esta nova modalidade. Isto significa que esta perto de acontecer o novo modo de trabalharmos.




   
Embora existem muitas barreiras culturais que impede que haja uma liberação do trabalho em casa, mas este conceito já esta conhecido em todo o mundo e a cada dia aumentam as empresas que quer se aderir a esta modalidade devendo assim ser criada leis que as regularize. Hoje a tecnologia esta cada vez avançada além do qual esta mais acessível em determinados lugares a comunicação via web esta quase de graça, hoje tem internet via radio, rede elétrica e tantas outras coisas que nos anos 1990 não se via falar principalmente no Brasil. Os trabalhadores remotos já esta provado que se tornam mais produtivos do que os de escritórios normais.     




Tem menos interrupções por parte de companheiros que às vezes se distraem com muitas conversas, por parte do gestor que faz muitas cobranças e também de reuniões improdutivas que passam horas a fio e nunca chegam a um senso comum. Pior é quando permanece por horas na empresa somente para aguardar telefonemas como é o caso de recepcionista e telefonista, ou outro trabalho semelhante que se é obrigado a ficar no local somente para cumprir horários, exemplo típico são funcionários públicos em sua maioria agentes de escola antigos escriturários.


O que uma empresa necessita em um funcionário é de sua cabeça (seu intelecto), onde ele pensa e com suas idéias transformam. Já no tempo das indústrias manufaturadas era necessário a mão de obra, onde as pessoas eram sobrecarregadas de trabalho e na sua maioria tinham que se trabalhar até 16 horas por dia. Logicamente não são todas as funções que podem ser desenvolvida a partir de casa há determinadas funções que sempre existira o trabalhador presente, porém as funções da área de tecnologia todas praticamente, desde um suporte e manutenção de computadores e redes (não físico), por exemplo, até programadores, desenvolvedores analistas entre outras funções que se exigem mais a mente do que o corpo, as administrativas também seguem o mesmo caminho, onde existem muitos contadores a exemplo da Índia prestando seus serviços em casa. Assim também o trabalho remoto cada vez mais esta em constante comunicação com países mais distantes e fusos horários diferentes.

No trecho abaixo do livro O MUNDO É PLANO nós vemos uma conversa entre o autor do mesmo e uma atendente de uma determinada empresa que trabalha em casa, que nos mostra a abrangência e repercussão do trabalho remoto.




“... sentada no meu escritório, no andar de cima da minha casa, e pela janela vejo que está um dia lindo lá fora. Cinco minutos atrás, outro cliente me fez a mesma pergunta, então ele disse: "Que bom, achei que a senhora fosse me dizer que estava em Nova Delhi. Onde a senhora mora? Salt Lake City, Utah. Moro numa casa de dois andares e adoro trabalhar aqui, principalmente no inverno, vendo, daqui do meu escri­tório, a neve caindo lá fora. E como a senhora conseguiu esse emprego? A empresa não anuncia — explicou ela, com a voz mais doce que se pode imaginar. — É tudo à base do boca a boca. Fui funcionária do governo do Estado e, pouco depois da minha aposentadoria, comecei a sentir falta de trabalhar. Adoro o meu emprego.” (Friedman; Thomas L. 2005, pag. 49.).

      Também vemos aonde o autor vai mais longe quando comenta sobre o fundador da JetBlue Airways Corp, companhia que tem quatrocentos agentes trabalhando em casa como mostra o texto. O autor deixa claro que espera uma sociedade melhor, se as mães puderem ficar em casa com seus filhos pequenos. Nós vamos, além disso, se a família puder cada um ter não só a responsabilidade de trabalhar mais de cuidar de seus filhos tanto os pequenos quanto os adolescentes e ter mais tempo para os mesmos a sociedade se torna mais justa.  Porque quando alguém sai para trabalhar longe e ficam horas preso em transito ou dentro de trens, ou outro tipo de transporte e depois trabalha até mesmo quatorze horas por dia nunca que estes pais poderão saber o que se passa com sua família em casa.


“David Neeleman, fundador e principal executivo da JetBlue Airways Corp., denomina a sua opção de homesouráng (trocadilho com as palavras home, casa, e outsourcing, "terceirização". Em português, "terceirização doméstica") . A companhia tem quatrocentos agentes de reservas na região de Salt Lake City, que, como Dolly, trabalham em casa e administram os pedidos de reservas quando não estão cuidando das crianças, fazendo ginástica, escrevendo um livro ou preparando o jantar. (...) Neeleman tem uma razão pessoal para querer assim. Como mórmon, acredita que teremos uma sociedade bem melhor se as mães puderem ficar em casa com os filhos pequenos, mas ao mesmo tempo também gozar de um trabalho remunerado. (...).” (Friedman; Thomas L.,2005, pag. 49.).

           
         Sendo assim muitas empresas também preocupadas com a qualidade de vida de seus colaboradores como no exemplo acima estão a cada dia mais criando novos modelos de gestão e benefícios.


A pior coisa para qualquer mãe é não poder acompanhar o crescimento de seus filhos. Ir em uma reunião de escola, ver sua apresentação de um trabalho, ou recital, poder estar com eles em seus melhores ou piores momentos. Quantas crianças hoje estão se destruindo misturado com tantas coisas enquanto seus pais levantam pela madrugada, tomam conduções lotadas e se sacrificam para ir a trabalhos distantes que muitas vezes no final do mês não compensa todo este sacrifício por força de salários e benefícios não compensadores. Sacrifício este que faz pensarmos perdemos tanto tempo de nossas vidas e que fizemos de importante para nossas famílias.




         Esta parte do blog hoje ficou um tanto carregada, porém na mesma senti a necessidade de expor o que é importante para se juntarmos todos que pensam como eu que esta na hora de passarmos a trabalhar na nossa casa.


      Hoje por exemplo, foi um dia em que levantei de madrugada, meu esposo me deu uma carona até a estação de trem o primeiro trem que estava na estação foi impossível entrar. O segundo cheguei até sentar, onde se manteve lotado até a estação do meu destino e ai foi a ultima condução o fretado da empresa impossível entrar a fila grande. Mas no fim de tudo cheguei atrasada até o transito que fica no trecho entre a estação e a empresa colaborou um pouco. Resumindo você fica estressado com tudo e quando chega na empresa sua produção fica baixa.

 Outrossim tem a volta onde os trens de nossas regiões Brasileiras com todos os investimentos sendo realizados até mesmo em São Paulo continua impossível de viajar. Semana passada quando voltava do trabalho fomos avisados em uma determinada cidade que o trem não prestaria mais serviço e que não teríamos previsão de viagem, imaginem o tumulto. Conforme reportagens, do R7 e outros autores, até mesmo na linha muitos andaram eu estava lá. Pedi para um parente me buscar na estação e assim consegui chegar em casa. Disse para alguns amigos se eu tivesse uma câmera eu iria gravar isto tudo. No fim hoje aconteceu um problema parecido, por fim em pouco tempo desta vez se restabeleceu mais rápido.

                     
 Enfim pensem nisso, o trabalho em casa é melhor.




A foto  publicada no site blogadão há algum tempo atrás  nos retrata como é melhor trabalhar em casa.